Português BR Deutsch English Espanhol
Notícias

Projeto Cílios do Paraíba é lançado em Porto Real



Para dar início às comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente, a Prefeitura de Porto Real realizou, na terça-feira (5), a cerimônia de lançamento do projeto Cílios do Paraíba.

O evento de lançamento foi marcado pelo início do plantio de 200 árvores nativas e pela doação de mudas aos presentes. O projeto é uma iniciativa do Comitê da Bacia Hidrográfica do Médio Paraíba do Sul (CBH-MPS) e conta com o apoio da Prefeitura de Porto Real, através da concessão de terra, licenciamento, fornecimento de energia e manutenção do local. Esse projeto será dividido em três etapas: reflorestamento de Área de Proteção Ambiental; criação do Espaço Cílios do Paraíba e a implantação de um programa de educação ambiental. Seu objetivo é realizar o reflorestamento em uma área equivalente a cinco mil m² na região da Mina Dom Pedro II, onde será criada uma área verde de lazer com mais de 650 m². O local contará com uma estrutura para auxiliar nas atividades realizadas no espaço, um painel informando dados sobre a bacia do Rio Paraíba do Sul e um jardim sensorial para proporcionar experiências através do tato e olfato aos deficientes visuais e demais usuários. A secretária executiva do CBH-MPS, Vera Lúcia Teixeira, falou sobre a importância desse projeto. “A proposta é que a gente consiga recuperar o máximo possível da Mata Atlântica nos locais que ainda não foram urbanizados. Iniciamos esse reflorestamento com árvores frutíferas para despertar a consciência ambiental naqueles que frequentarem a Mina Dom Pedro II”, disse Vera Lúcia. Ainda segundo ela, a Associação de Areeiros do Sul Fluminense doou 200 mudas de espécies nativas da Mata Atlântica. Leonardo Guedes, especialista em recursos hídricos da Associação Pró-Gestão das Águas da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (AGEVAP), comentou como foi selecionado o município de Porto Real. “Ele estava dentro dos requisitos mencionados no Edital de Manifestação de Interesse, realizado no ano de 2016, que tinha, entre outros critérios, possuir área pública para a construção do espaço verde e de relevo favorável para execução do projeto”. Ele explicou, ainda, que o prefeito assinou um Termo de Compromisso, no qual constam as atribuições do município, do Comitê Médio Paraíba do Sul e da AGEVAP

Outras Notícias

Mais Notícias »